FALE CONOSCO 82 3316 9868

Logo Aljos.png

CONTEÚDO RELEVANTE

PRA VOCÊ VIVER

MELHOR

  • Cintia Calheiros

A importância das cores corretas nos ambientes internos


As cores nos ambientes podem refletir diretamente em nosso humor, não dá para aprofundar o tema aqui, mas é uma questão psicológica mesmo a maneira como elas impactam em nossa disposição e ânimo. Todas as cores possui uma magia que mexe profundamente com a gente provocando sensações e emoções distintas. E pensando nisto, temos que considerar cada um desses efeitos no momento de sair pincelando seus ambientes preferidos.

Foto: Eu Sem Fronteiras/ Reprodução

Vejamos algumas cores e seus efeitos:

O vermelho – Por ser uma cor muito forte traz a sensação que o ambiente estar mais próximo da gente, como uma forma, talvez, de chamar nossa atenção. A cor vermelha é estimulante, agressiva e tem o poder quase físico sobre nós, provavelmente a escolha da cor para simbolizar a ação de parar, no semáforo, tenha sido pelos efeitos da cor vermelha. Interessante não é?

Foto: Decor Fácil/ Reprodução

Azul – Oferece a sensação de calmaria na gente, considerada a cor da mente, ajuda na concentração e se o tom for mais forte ajuda a pensar com mais clareza. Diferente da cor vermelha o azul aparenta estar mais longe criando assim a sensação de amplitude nos ambientes.

Foto: Leroy Merlin/ Reprodução

Amarelo – Causa um estímulo psicológico muito forte. Ou seja, seu efeito é direcionado aos sentimentos deferente do vermelho e do azul que influenciam no físico e no intelecto respectivamente. Amarelo é a cor da confiança e do otimismo, mas tenha cuidado com o tom, pois se a escolha for inadequada à sensação poderá ser reversa influenciando na sensação de ansiedade.

Foto: Lopes Tintas/ Reprodução

Verde – Considerada a cor do equilíbrio, oferece a sensação de bem-estar. Mas se usada de forma mal planejada, de tom inadequado, por exemplo, a influência da cor verde será de monotonia.